Bem-vindo ao IBGE Teen, a página do IBGE voltada para o público jovem! Aqui você encontra informações estatísticas e geográficas sobre o país e a população, numa linguagem simples e direta.

Von Martius e o primeiro mapa da vegetação do Brasil

Vegetação é o conjunto de plantas que cobre uma região. Apresenta uma estrutura, fisionomia e composição bastante variada, conforme o clima e o solo. Exemplos disto são as savanas (cerrado), as estepes (caatinga) e as florestas ombrófilasPalavra de origem grega que significa "amigo das chuvas". (floresta amazônica e a mata atlântica).

A exuberância das florestas brasileiras chamou a atenção dos descobridores, quando aqui chegaram em 1500, porque a vegetação da Europa, de acordo com o seu clima, tem um número pequeno de tipos e de espécies. Com o passar do tempo, a nobreza européia interessou-se cada vez mais pela vegetação do Brasil, patrocinando a vinda de estudiosos como, por exemplo, a do cientista Carl Friedrich Philipp von Martius, que publicou o que hoje é considerado o primeiro mapa da vegetação do Brasil.

Martius veio ao Brasil em 1817, patrocinado pelo Rei Maximiliano José I da Áustria, na comitiva de D. Leopoldina, quando do seu casamento com D. Pedro I.

A primeira preocupação ambientalista

Os primeiros estudos de cientistas europeus coincidiram com o inicio da colonização do Brasil, que pode-se considerar como um marco no tocante à devastação da cobertura vegetal primitiva. Esta colonização foi marcante nas Regiões Sul, Sudeste, Nordeste e parte do Centro-Oeste.

Em 1557, Hans Staden publicou um livro em alemão indicando existir, no Brasil, uma verdadeira agressão ao ambiente pelo homem. Ele estava se referindo aos índios que, já naquela época, derrubavam a mata e ateavam fogo, para cultivar a terra e tocaiar a caça. Esta agressão, no entanto, não colocava em risco a natureza, porque o número de índios era pequeno e eles não possuíam técnicas de cultivo tão destrutivas como as que são usadas hoje. Havia tempo para a natureza se recuperar!

O cartograma do entropismo mostra a abrangência das áreas devastadas do território brasileiro:


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística